Notícias

CFM lança hotsite para os médicos com informações sobre a pandemia

21 de maio de 2020

Dados sobre o desenrolar da Covid-19 no Brasil, podcasts com especialistas convidados sobre o enfrentamento do coronavírus e acesso à plataforma criada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) pela qual os profissionais podem relatar problemas que enfrentam em seus locais de trabalho estão entre os serviços disponíveis no hotsite www.linhadefrente.cfm.org.br, lançado pela autarquia, em 14 de maio.

O novo site oferecerá acesso aos boletins epidemiológicos divulgados diariamente pelo Ministério da Saúde (MS), com informações sobre a evolução da doença da Covid-19 no país, com números de mortes e infectados. Os médicos também poderão escutar e fazer o download de uma série de podcasts esclarecedores sobre temas relacionados à pandemia, como o manejo do paciente crítico, a emissão de atestados médicos e a prática da telemedicina.

A posição do CFM sobre o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) consta de documento disponível na plataforma. Nela, há, ainda, um link para que o médico possa acessar um formulário no qual poderá acusar os problemas que enfrenta em sua rotina de atendimento de pacientes suspeitos ou confirmados para Covid-19.

Dentre outros temas, poderá informar sobre a dificuldade de acesso a equipamentos de proteção individual (EPIs), a problemas na oferta de medicamentos, exames e outros insumos e a carência de leitos hospitalares (de internação e UTI). Para fazer o informe, o médico deve informar seu CPF e o número de registro do CRM e preencher um formulário, relatando os problemas encontrados.

Além desses serviços, no LinhadeFrente, os médicos poderão tirar suas dúvidas numa seção que reúne perguntas e respostas sobre temas, como telemedicina, certificação digital e prescrição eletrônica. Com atualização diária, essa plataforma quer oferecer aos brasileiros apoio nesse momento em que estão focados no enfrentamento da Covid-19, considerado um dos maiores desafios da saúde pública da história da humanidade.

 

Fonte: CFM | Portal Médico

Compartilhe: