Notícias

Cremeb e CFM emitem nota contra manifestações irresponsáveis

30 de junho de 2017

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) e o Conselho Federal de Medicina (CFM), órgãos que zelam pelas condições de trabalho dos médicos e dos serviços prestados à sociedade, manifestam seu veemente repúdio contra a ação irresponsável de um grupo de sindicalistas que impediu, nesta sexta-feira (30), o acesso do médico Fernando Tranquilini da Silveira às dependências do Hospital São Rafael, em Salvador, onde era aguardado para um procedimento cirúrgico de emergência.

Mesmo tendo se identificado e relatado a grave situação que o esperava, o bloqueio se manteve, colocando em risco a vida de um paciente. O Cremeb e o CFM reiteram seu apoio à liberdade de expressão, mas entendem que, de forma alguma, ela pode impedir o direito constitucional de ir e vir e nem permitir situações que coloquem em risco o bem-estar de cidadãos.

Os Conselhos de Medicina expressam sua solidariedade ao médico e aos pacientes prejudicados pelo ato promovido pelos sindicalistas e pedem às autoridades responsáveis pela segurança pública no Estado da Bahia a tomada de providências para evitar outros episódios desse tipo.

Compartilhe: