Notícias

Conselheiro reverencia aniversário do médico Manoel Dias de Abreu, criador da abreugrafia

4 de janeiro de 2021

Hoje, dia 4 de janeiro, é o dia de aniversário do médico brasileiro Manoel Dias de Abreu, criador da ABREUGRAFIA.

Nascido em São Paulo em 1892, formou-se no Rio de Janeiro, em 1913, dedicando-se à radiologia.

Em 1915, foi a Paris onde praticou em diversos hospitais por dois anos.

Engajado na luta contra a tuberculose, criou método que consistia na fotografia da radiografia do tórax denominando-a Roentgenfotografia.

Depois, no 1º Congresso de Tuberculose, passou a designar-se Abreugrafia, em homenagem ao seu criador (1939).

Método muito sensível, de boa especificidade, ensejava a realização de muitos exames em pouco tempo.

O princípio era fotografia do ecrã e revelação em filme comum de 35 mm.

Exigia o uso de lente de aumento para interpretação do exame.

O método foi difundido pelo mundo por propiciar o rastreamento da tuberculose e doenças ocupacionais, com baixo custo e alta eficiência.

As modernas diretrizes de proteção radiológica terminaram por limitar a utilização do método.

Abreu chegou a ser indicado ao Nobel de Medicina.

Foi Membro Titular da Academia Nacional de Medicina e do Instituto Brasileiro de Ciências.

Aqui na Bahia foi (e ainda é) muito respeitado e prestigiado pelo professor José Silveira que – como no mundo inteiro – reconheceu o seu trabalho como de grande importância não só à tuberculose, flagelo da humanidade, mas combatendo também outras doenças torácicas.

Faleceu no dia 30 de janeiro de 1962, aos 71 anos, em consequência de um câncer de pulmão.

Que ironia…

 

Conselheiro Jorge Cerqueira
Presidente do Instituto Bahiano de História da Medicina e Ciências Afins

Compartilhe: